14 abril 2019

"LADY OF FEAR" —Entrevista com Autoras Parceiras

Olá lados! Tudo bem com vocês  Desejo que sim. Nesse mês de Abril, estarei trazendo entrevista com autoras parceiras, com as mais variadas formas, live, escrita e Whatsapp.
Então esse mês promete, e para começar com tudo, a primeira entrevistada é a autora Lady of Fear , autora da comédia romântica “ Todos os caras antes de você”.






Lady Of Fear , 19 anos, reside no   Rio de Janeiro, do SIGNO de Escorpião. Se chama Thaina, mas assina todos os seus livros como Lady of fear. 
Por que? Porque tinha medo do que iam achar se soubessem que ela  escreve e porque acha a ideia de um pseudônimo bem interessante.


 "Tenho 19 anos nascida e criada no Rio de Janeiro, mas estou querendo sair da capital para me casar com meu amor. Assim como todas as pessoas eu tenho medos e inseguranças, sofro de depressão e ansiedade mas tento controlar essas coisas ao máximo, amo ler e escrever e acho muita loucura quando alguém diz que não gosta de ler, sou bem cinéfila e amo animais em geral (em especial meu gatão Lion, meu gatinho Buddy, a gata temperamental da Lola, a cachorra louca Mel e o melhor cão do mundo Cadu). Infelizmente sou uma criança no corpo de uma adulta que ama desenhos em geral e ficou muito feliz em ter sua festa de 19 anos da Ladybug, adoro maratonar Shrek e sou louca para tatuar o banguela de Como Treinar o se Dragão. Bem isso é tudo pessoal " _ Lady Of Fear. 




Entrevista 




-Porque você escolheu esse gênero literário? 
R= Sempre gostei de romance, mas é claro que com uma pitada de fantasia, mas como meus leitores podem ver meu livro não tem nada de fantasia, eu decidi escrever algo que estava fora da minha zona de conforto e o que julguei ser mais fácil.


-Qual sua relação com os livros, digo como leitora? 
R=  Amo livros de época e romance, ainda mais medieval fantasioso, mas sou bem eclética, gosto também de infantos juvenis, gosto da pureza que contém neles, mas minha relação com os livros é de lua tem período que leio um livro que eu nunca leria e tem período que não leio nada.


-Sua maior dificuldade como escritora? 
R= Minha maior dificuldade é me manter motivada, infelizmente não acredito no potencial que dizem que eu tenho.


-O que sua família acha sobre você ser escritora? 
 (Todo mundo quer saber essa parte ha ha) 
R=  Eu contei a eles a alguns anos atrás meu pai é meio apático quanto a isso , mas já minha mãe me apoia bastante . Isso me lembra quando ganhei o rimeiro lugar no concurso de poesias da escola, ela ficou tão feliz que queria ter os troféus para ela, em suas palavras: eu estou tão feliz por você que parece que fui eu que ganhei o concurso. Ela me inspira e me motiva muito.


-Já pensou em desistir de escrever? 
R= Não só pensei como já desisti, eu escrevia outro livro no wattpad, mas como eu escrevia em parceria e a outra pessoa desistiu isso me desanimou, não achei que tinha capacidade para continuar a escrever. Até que no ano passado comecei a quase todas as noites a sonhar com caras incríveis e meio que me sentia traindo meu namorado, então decidi que ia voltar a escrever Todos os Caras Antes de Você e assim os sonhos pararam.
p.s: Todos os caras antes de você era um projeto de 2015 que só retornei ano passado, 2018.


-Qual foi o momento em sua vida que você disse "isso está muito bom! Quero que todos vejam"? 
R=  Foi quando escrevi o prólogo, eu gostei e sempre fui muito insegura com a minha escrita, mas com esse livro não tenho sido, é um livro que eu releio e gosto muito


-O que você sente enquanto escreve? 
Nunca parei para pensar, mas me sinto como se estivesse lendo um livro a diferença é que sou eu que estou escrevendo.


O Que você acha de seus leitores? 
R= Ainda não tenho muito leitores, meu livro tem um pouco mais de 200 visualizações, mas sempre que alguém comenta no livro sobr algo que gostou ou sentiu faz tudo valer a pena.


-O que você de hoje, diria a você de antes? 
R= A depressão é difícil? Bastante, mas não desista o futuro é lindo e você vai amá-lo, perfeito nunca é, mas vale a pena viver. 


-Se você pudesse ser um personagem do seu livro, qual seria? 
R= A Lena queria ter um terço da cara de pau dela, ou a coragem, mas como toda pessoa corajosa Lena também tem suas dificuldades.


-Você inspirou-se em alguém para escrever um de seus personagens?  
R= A Tina é bastante inspirada na minha amiga Karina, a lerdeza da Leticia em não percebe a queda dos outros é inspirada na minha amiga Vitoria e a coragem da Lena é como eu gostaria de ser.
A mãe da Leticia é inspirada na minha e o Marco tem alguns traços do meu namorado.


-O que é mais difícil escrever o primeiro capítulo ou o último? 
R=  O último, porque no primeiro você sabe como a história vai começar, já no ultimo não porque os personagens vão ganhando vida e tomando suas próprias decisões e nunca dá para saber direito o final.


-De onde tirou inspiração para o título? 
R=  DA própria historia, afinal ele resume sobre o que o livro se trata. 


-Qual personagem do livro você gostaria de trazer a realidade? 
R=  Talvez a Lena e a Leticia, porque não são tão inspiradas em pessoas que eu conheço.

-Se o seu livro fosse adaptado paras telonas do cinema, quais atores e atrizes gostaria que desse vida a seus personagens?  
R= Pior que já tenho a lista. 
Leticia – Dani Godim 
Lena – Madelaine Pestch
Tina- Willa Holand
Marco – Torrance Combs (Só que mais moreno e forte)

-Qual sensação de publicar um livro? 
R=.  Ainda não tive, mas acredito que deva ser a mais incrível
 do mundo,


-O que você tem achado mais difícil desde que começou a postar seu livro?  
Ter comentários na história, me pergunto se as pessoas estão gostando de fato


-Qual a pior e melhor crítica que seu livro recebeu? 
A melhor foi daqui 
do blog dos livros e a pior ainda não recebi (Graças a Deus)  

-Acha blogs literários importantes? Qual é a sua visão em relação a eles? 
R= Acho sim, minha visão? Bem nem eu sei muito bem kk.
Bom gosto de blogs que focam mais em autores desconhecidos do que conhecidos, afinal é importante divulgar os livros nacionais e mostrar novos talentos.


-O que fazer quando os princípios, ideologias e pensamentos de um personagem, é contrária aos seus? Já modificou seu idéiais por causa de um personagem? 
R=  Meus personagens ainda estão na mesma fase de idade do que eu, então ainda não amadurecemos juntos, mas acredito que em breve vamos.

-"Representatividade Literária " o que essa palavra significa para você? Diria que sua obra, ou personagem se enquadra nesse quesito? 
R=  Infelizmente nenhum deles se encaixa nesse quesito (por mais que eu ache a Lena meio Bi), porém em um momento um dos personagens principais terá problemas com a questão de u parente sair do armário (digamos assim), espero conseguir tratar bem quanto a esse assunto.


- Pesquisas são importantes, para uma base de construção de histórias e personagens, você costuma pesquisar? E alguma vez uma pesquisa de determinado assunto mexeu com você mais que o esperado? 
R=  As pesquisas que tenho feito, são para a outra história, mas nenhuma de fato que mexesse comigo


-O mercado literário se modificou bastante nos últimos anos, o que acha dessas mudanças, e quais impactos dela para você como escritora?
E o que acha dessa influência atual em determinados temas/gêneros?
R= Bem

-"Machismo e Feminismo " são assuntos que são debatidos com frequência, e eu como leitora e blogueira acho que são de extrema importância, assim como p preconceito racial, e homofobia. Você tem preocupação com esses temas no momento de construção da sua história? E como lida quando de alguma forma esses temas se tornam cruciais para o livro? 
R=  Tenho muita preocupação sim, acho que meu livro tem abordado muito pouco sobre esse assunto, mas como eu disse anteriormente, questões como homofobia vai ser tratado. Outro assunto que vou abordar futuramente é a questão do abuso físico e psicológico, um personagem vai chegar a quase ser estuprado e espero tratar isso com a delicadeza que o tema exige.


-Já criou algum personagem baseado em alguém real? 
R= Não, por mais que a Tina seja baseada em uma amiga, não a acho totalmente fiel.


-Qual citação favorita que já escreveu? 
 Atualmente é essa:
 "- Como não gostar, ele é único - me afasto o soltando.
- Como você..."

-Planos para o futuro? Quais? 
R=.  Atualmente meus planos são mais na vida pessoal, mas o principal é terminar Todos os caras antes de você

-Como lida com as críticas? 
 Ainda não precisei lidar com críticas, mas dependendo de como ela for construída eu vou aceitar


-Atualmente somos parceiras, me diz como conheceu o blog, e qual tem sido sua experiência até agora com ele. 
 Conheci através de uma amiga que também é parceira , é minha experiencia até agora tem sido excelente, tenho amado fazer parte do blog 


-O que acha mais frustrante no meio literário? 
Histórias repetidas, como por exemplo temos trocentas historia com o tema o dono do morro, e isso me incomoda um pouco porque tem muitos autores que tem história originais incríveis( um deles é o Bruno Haulfermet) que não tem o mesmo reconhecimento.


-Tem ritual de escrita, cronograma ou algo do tipo? 
 Escrevo quando estou inspirada ou bem.

-Quais metas como escritor(a)?  
 Ter meus livros publicado e conhecidos.


-Bandas/Cantores favoritos?  
 Nunca fui muito disso mas a minha banda preferida é o Arctic Monkey


-Costuma ouvir música na hora de escrever? 
 Sim toda vez antes de escrever eu solto a playlist que fiz no spotify (que está disponível aos leitores)


-Quantas obras tem ao total, publicadas e não   publicadas? 
 4.
Todos os caras antes de você, que está publicada.
Um Oasis nas estrelas, futurista e ainda não publicada.
Andron Adventures, ficção pura
E um sem titulo , medieval fantasioso.

-Já interrompeu leitura de algum livro, por conter tema que lhe incomodasse, ou por qualquer outra razão? 
 Já sim, não me lembro o livro mas já sim.

-Qual momento até agora, foi o mais marcante em sua carreira? 

Foi ser aplaudida por algumas garotas quando terminei de recitar meu poema sobre cabelos cacheados.

-Qual sua relação com blogs literários? 
 Sou monogâmica então só tenho relação com o amante dos livros 

-O que acha de blogs, igs e também de autores que entram no meio literário, só para ter fama, não por amor ou algo do tipo? E qual sua opinião em relação a acharem que a fama vem de imediato? 
 Quase todos nós autores achamos que nossa obra é boa e que logo vai ser reconhecida, mas não é bem assim. E não sou mito f[a de autores que entram por fama o que tem acontecido muito com historias com a mesma temática.

-Qual sua relação com os livro? (Digo como leitor(a)) Qual gênero não pode faltar em sua biblioteca? 
 Fantasia

-Qual a pior e melhor coisa em ser escritora? 
 A pior é ter a história na sua cabeça e quer que ela passe para o papel sozinha, a melhor ver que deu certo

-De todas as suas obras, qual mais gostou de escrever?
Todos os caras antes de você 


-Qual tema sente que não seria capaz de escrever? (Não por não ter competência, mas sim por abordar algum assunto delicado, ex: Violência doméstica, estupro, etc) 
 Exatamente os aqui retratados, não acredito ser capaz de escrever, mas tentarei. E abordar esses temas acho ruim porque os livros para mim são para ser uma fuga da realidade.


Quando surgiu o gosto pela escrita e leitura?
Pela leitura aos 2 ou 3 anos quando minha mãe e deu um livro justamente no dia do livro e com a minha avó com o incentivo de ler turma da Monica 


Quais os melhores livros que já leu? Cite alguns.
A ferida da terra – Bruno Haulfermet
As adagas de ceres – Erika Vilares 
Corvo da meia noite – B.C. Siqueira


Seu maior medo?
Cobras e o engraçado é que sou sonserina.

Um sonho literário? 
Cohecer o Mauricio de Souza

O que mais te motiva a continuar?
Ler e ver que estou fazendo um bom trabalho, e todos os comentários no livro isso é o que mais me ajuda.

Um livro que te emocionou e está guardado na memoria?
Perida, me fez acreditar de novo no amor

Qual o seu desejo para o mundo literário?
Reconhecimento para autores bons e não os que vão dar lucro por serem famosos.


Um traço marcante da sua personalidade?
O drama kkk

O que te deixa mais feliz em um dia desanimador? 
Ouvir que eu fiz algo que agradou a alguém

O que te deixa com os sentimentos a flor da pele? 
Tudo que me deixa ansiosa, afinal eu sofro de ansiedade
O que masi tem me deixado é a possibilidade de me casar, iso me assusta e me anima ao mesmo tempo

 Quando você inicia um livro, já tem a história montada com personagens e características ou a história e personagens evoluem (como criando vida própria com ações e vontades)?
Eu tenho pré definições que depois vão evoluindo, como eu disse gosto de crescer com o personagem


Enfim é isso, sou eternamente grata, pela autora ter se disponibilizado em participar dessa entrevista,  espero que tenham gostado e até a próxima. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário