05 fevereiro 2019

"Trilogia Apenas 24 horas"—Resenha

Olá amados! Tudo bem? Desejo que sim.  Quero compartilhar com vocês, a série "Apenas 24 horas" da maravilhosa autora Estefania Cristina,  uma trilogia instigante, eletrizante e inesquecível. A trilogia é composta pelos livros "Apenas 24 horas: Com você"  "Apenas 24 horas: Sem você" "Apenas 24 horas: Para sempre".










O primeiro livro da série "Apenas 24 horas com você" vai trazer sobre a vida da protagonista Christina, uma menina mulher que não tem controle algum sobre si e sua vida, tudo e todas as decisões giram e torno das vontades de sua mãe, uma mulher controladora, mesquinha e sem amor algum pela filha.





Uma mulher que não mede esforços para conseguir o que quer, uma das coisas que mais me agrada nesse livro é que a autora, realmente mostra a verdadeira face da mãe da Christina, a todo momento percebemos o verdadeiro caráter, a autora não criou uma personagem, com as intenções veladas. 


Christina é uma personagem bem delicada de se ler, sem perspectiva alguma de vida, de um futuro diferente, tudo acaba tomando um rumo diferente quando algo acontece e traz o charme e carisma do Koll, fazendo Chris perceber que aquela vida programada por sua mãe, não é a vida que ela deseja. 


Eu amei a forma que esse primeiro livro foi desenvolvido e narrado, pois percebemos as inseguranças, os medos e incertezas da protagonista, o medo de arriscar, de sair da linha, o medo do futuro incerto, mas também a sua libertação.
Em apenas 24 horas nasce uma conexão, uma ligação tão enorme entre eles, uma que nenhum dos dois jamais sentiu.


No segundo volume "Apenas 24 sem você" , mais uma vez o destino resolve brincar com a vida de Christina, lhe impondo de uma vez por todas atitudes de mulher, decisões importantes que mudará para sempre sua vida.




Ela precisa reparar um erro enorme que cometeu, e graças a isso, finalmente veremos nossa protagonista desabrochar, tomar as rédias de sua vida, mais do que nunca ela deverá decidir, quem ela foi e quem ela deseja ser.


A narrativa desse livro é maravilhosa, leve e divertida trazendo a mistura de uma história fluida e intensa ao mesmo tempo, a autora soube desenvolver perfeitamente as fases de ambos os protagonistas, fazendo-os amadurecer no decorrer da história, fazendo-os se renovar e reinventar.


Em apenas 24 horas sem você, Christina terá suas certezas colocadas a prova, com uma decisão de seguir em frente ou continuar presa ao um passado, um passado de mentiras e máscaras.


E no decorrer do livro, a autora foi brilhante mostrando uma Chris renovada, determinada e corajosa, independente, e ler isso me inspirou demais.


O romance desenvolvido aos poucos, tralhado com cuidado e delicadeza, trazendo cumplicidade, confiança, mas também turbulências e questionamentos, juntos Chris e Koll constroem uma relação intensa e verdadeira, onde ambos se dedicam, sabendo ouvir mesmo quando não há palavras , tentando entender mesmo quando nada faz sentido, enxergar a luz no fim do túnel, mesmo que os olhos estejam vendados, pois quando se tem sentimentos, tudo ao nosso redor muda.

Isso é a relação, o amor que nossos protagonistas constroem juntos, um salto no escuro.


O terceiro e ultimo volume da série "Apenas 24 horas para sempre" é o meu favorito, aqui a vida do casal, está em um outro nível, mais forte e solida, porém a fé de ambos será posta a prova, quando o inesperado acontece fazendo com que ambos mais do que nunca, tenham fé no amor que sentem. 





Precisam ter confiança e fé em si mesmos e nunca deixar de lutar por aquilo que ama, com uma narrativa intercalada entre passado e presente na visão do Koll, nesse livro poderemos ter uma noção maior dos sentimentos dele.


Apenas 24 horas para sempre, mostrará até que ponto a crença no amor é forte, pois esse livro fala sobre superação, crescimento de sentimentos, amor e fé, um amor tão puro e verdadeiro. A trilogia não poderia ter um desfecho mais lindo do que esse. 


Estefania criou obras cativantes, arrebatadoras, que deixaram o meu coração em frangalhos, mas também com um quentinho no peito, me mostrou a força do acreditar nos nossos sentimentos, a importância da confiança, do companheirismo.


Um livro incrível, divertido, fascinante, que veio para marcar, amei acompanhar o desfecho dessa trilogia, uma historia de amor, mas também de individualidade de cada personagem, onde eles puderam mostrar o pior de si, mas também a melhor versão de cada um.


Souberam entender suas necessidades, e não aceitarem nada menos do que a felicidade completa, souberam enfrentar as batalhas, para resgatar o brilho de vida. Entenderam que precisamos sempre dá um passo de fé, de esperança, de acreditar no futuro melhor mesmo que nada pareça certo. 


Abriram os olhos e seguiram em frente, essa trilogia vai muito além do romance, é uma obra que fala sobre conexões e recomeços, levantando o questionamento de quem somos e quem realmente queremos ser. 


Um comentário:

  1. Resenha perfeita, apenas 24 horas é perfeito mesmo, um romance de tirar o fôlego e se afogar em risadas. Leve e ao mesmo tempo intenso. Parabéns pela resenha 😁❤😄

    ResponderExcluir