16 janeiro 2019

Entre uma fantasia e outra— Semana da FANTASIA

Olá amados! Tudo bem com vocês? Desejo que sim. Hoje começa a segunda semana do projeto " Semanas dos Gêneros".
E nessa segunda semana, vamos falar de um gênero bem especial, que é a Fantasia.




Fantasia é um gênero da ficção em que se usa geralmente fenômenos sobrenaturais, mágicos e outros como um elemento primário do enredo, tema ou configuração. Muitas obras dentro do gênero ocorrem em mundos imaginários onde há criaturas mágicas e itens mágicos.








Como noutras formas de ficção, os acontecimentos e ações na literatura fantástica muitas vezes diferem daqueles possíveis na realidade, embora não seja regra. Em muitos casos, especialmente em trabalhos mais antigos, mas também em muitos modernos, isto é explicado por uma intervenção divina, mágica, ou de outras forças sobrenaturais. Noutros casos, como na chamada high fantasy, a história pode acontecer num mundo completamente fantástico, diferente do nosso, onde nele existe a magia, e as leis do mundo real nem sempre regem o mundo imaginário.



Como a fantasia não se limita a um só mundo e ao material, como em outros gêneros, há muito que pode ser trabalhado. As características que definem a ficção fantástica é tema de debate entre escritores e leitores, uma vez que é um assunto extremamente amplo. Mas, em opinião geral, uma característica delineadora é a independência da ciência ou tecnologia tais como conhecemos. Muitos mundos têm sua própria ciência, suas próprias tecnologias, ou não as possuem, ou não se prendem tanto aos conceitos reais. A magia é um exemplo disso. A ciência diz que a magia não existe, entretanto, na fantasia podemos vê-la se manifestar livremente.


Apesar de o género, no seu sentido moderno, ter menos de dois séculos, os seus antecedentes têm uma história longa. Começam talvez com os documentos mais antigos conhecidos pela humanidade. Mitos e outros elementos que surgiriam para definir a fantasia e os seus subgéneros foram parte de alguns dos mais grandiosos e celebrados trabalhos de literatura. Desde a Odisseia, as Lendas Arturianas, dos romances medievais à poesia épicada Divina Comédia, das aventuras fantásticas de bravos heróis e heroínas, monstros e reinos secretos, inspiraram muitas audiências. Neste sentido, a história da fantasia e a História da literatura estão intimamente interligadas.



Dentro da fantasia, pode-se haver vários subgêneros, que geralmente são a mistura de outros gêneros com fantasia. São elas:

Fantasia sombria (fantasia que envolve elementos do terror)

Alta fantasia (fantasia que ocorre em mundos alternativos)

Baixa fantasia (Fantasia que ocorre no mundo real)

Fantasia romântica (fantasia com temas românticos, geralmente amor ou drama)

Fantasia científica (fantasia com ficção científica)


A fantasia é maravilhosa, particularmente sempre que leio algum livro do gênero, a minha liberdade de imaginação aumenta 100%, é indescritível ter a sensação de poder ser o que eu quiser, uma fada, elfo, doende, bruxa, e etc...
E isso tudo é permitido graças a FANTASIA, esse gênero merece todo o reconhecimento e respeito do mundo.

2 comentários: